sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Eu completei!!!!

Prometi que daria notícias do meu 1º Triathlon Indoor e cá estou.
Devo dizer que foi bem interessante. Diferente do que eu imaginei. E bem diferente. E, embora eu faça terapia, cheguei definitivamente à conclusão de que não domino meu emocional nenhum pouquinho.
Então, como dizia meu "xará", Jack... vamos por partes!
Começou com a natação. Alguém aí lembra de eu dizer que minha respiração é péssima? Cheguei a conclusão de que meu pulmão deve ser do tamanho de um feijão. Ou meu emocional q domina todo o meu pulmão e não deixa espaço pra circulação de ar. Vou estudar as duas teses e ver qual delas é a mais adequada e se tem conserto.
Mas... deixando meu pulmão de feijão de lado... eram 750m na piscina. Meu objetivo era fazer entre 15 e 16min. Era para o que eu vinha treinando no último mês (o único em que treinei natação. Nem precisava comentar, né? Detalhe sem importância eu acho!!!). Então minha respiração não deu conta nem dos primeiros 150m. E como eu achei muito feio desistir antes de acabar o aquecimento (praticamente)... comecei a nadar de costas. Pelo menos não tinha que ficar respirando de baixo d'agua e meu pulmão reclamou menos. Mas... adivinhem? Claro! Não consegui fazer dentro do tempo que eu quis: fiz em 18'35''. Pra quem acha que a diferença é pouca, pode até parecer. Mas  pro psicológico, olhem só: tinham 10 pessoas nadando. Eu fui a última a acabar. Quando a última menina saiu (antes de mim), ainda faltava 1/3 da prova. Pensem bem.
Mesmo assim, não desisti! Pensei: "Já cheguei até aqui. Já estou aqui. falta só um pouquinho e depois vou poder correr. Não conheço esse povo correndo, mas me conheço. Então, bora superar isso". E "rapidinho" terminei.
Aí, o chato do triathlon é que a mulher tem que trocar de roupa. Mas... me superei. e olha que fiquei maquinando a semana toda um jeito prático e rápido de me trocar sem atrasar ou perder tempo. e não adiantou de nada porque na hora fiz tudo diferente de como pensei e fui mais rápido. Então, só coloquei a bermuda por cima do maiô liiiindo de morrer (e quem disse q eu tinha que estar bonita mesmo?), coloquei o tênis (não sabia q algum dia na vida seria capaz de calçar o tênis sem enxugar o pé. E ainda colocar meia, hein?) e corri pra bicicleta.
Essa foi a melhor parte: 20 minutos (e não os 25 que eu tinha imaginado) na bicicleta de RPM. Tradução: tempo pra recuperar e correr pra valer. Exatamente isso. Aproveitei o tempo para ajustar o Polar, tomar água, respirar, respirar e relaxar as pernocas. E aí, deu pra eu ter uma visão geral da minha colocação: último lugar, claramente. Antes de mim, saiu um cara 2 minutos antes e a mulher na minha frente, saiu 3 minutos antes. Beleza. Nada de desespero é só um teste.
Vamos pra melhor parte! A corrida!
A corrida foi externa, num percurso super gostoso e tranquilo. Eram 5K mas deu mesmo 4,5k. Tudo bem. Então, comecei a correr no meu ritmo. e tive uma sensação maravilhosa de domínio. Tive aquele sentimento de "agora estou em casa", sabe? Como é engraçado isso! Passou todo o medo, preocupação, ansiedade, tudo!
E para minha surpresa, por volta do 3ºKm eu passei o carinha que tinha saído na minha frente. Não torço para os outros perderem, mas juro que foi uma felicidade enorme. Senti que eu realmente sabia o que estava fazezndo e que mesmo que tivesse desvantagem nas outras modallidades, eu realmente tinha domínio na corrida. E fiquei muito feliz.
Não fui além do meu limite. Nem no meu limite da corrida, afinal, meu corpinho já estava cansado. Mas completei a corrida em 29'10''. Achei um ótimo tempo considerando que foi a primeira vez que fiz as três modalidades assim, seguidas!
Resumindo: fiquei feliz de ter conseguido completar a prova. Alcancei o meu objetivo maior: provar para todos que não sou doida e sei que sou capaz. E provar para mim mesma que devo confiar mais nos meus sentimentos!!!!
Não estou em frangalhos (ainda). Espero não ficar. Pelo menos até amanhã de manhã! Tem treino de corrida básico às 8h15 com o pessoal da academia e espero conseguir marcar presença!

Ah! cheguei a mais uma conclusão: sem condições (ainda) de nadar na represa. se for, acho que fico nos primeiros tapas que tomar. Vou morrer afogada antes mesmo do último cidadão começar a nadar. então, por enquanto, ainda não. hehehe

8 comentários:

  1. kkkkkkkkk

    não tem como não rir do seu relato, jack! divertidíssimo!
    essa última parte, então, quando você diz que ficará nos primeiros tapas que tomar... kkkkkkkkkk

    tá, tirando a parte divertida... você arrasou!!!!
    não há outra palavra: arrasou!
    sua estreia foi maravilhosa!
    e devo dizer que fiquei inspirada com sua coragem!
    eu nunca me atrevi a ensaiar um triathlon! justamente porque me acho muito sem jeito para nadar...
    mas acho tão lindo quem faz!

    treina pra você fazer essa prova da represa, jack!
    larga por último, que é pra não ter perigo de ser atropelada por nenhuma orca assassina;)
    mas na boa: se você gosta, vai!
    bota esse seu pulmãozinho de feijão de molho... aposto que ele vai crescer, e muito;)

    mais uma vez: parabéns!
    achei muito legal mesmo ler seu relato!
    que menina danada, você;)

    beijão!

    ResponderExcluir
  2. Oi Jack,

    Assim como disse a Elis, não tem como não rir do seu maravilhoso e engraçadíssimo relato.

    Acho super legal que faz triatlon, mas eu jamais me atreveria a isso. Precisaria no mínimo nascer de novo.

    Nadar até que sei, ou melhor, sei boiar (brincadeira), nado cachorrinho e dou umas braçadas na piscina, é claro. No mar não me atrevo.

    A bicicleta é o meu terror. Mando bem mesmo num tico-tico....rs. E correr é aquela velha história: devagar e sempre.

    Parabéns pela prova e vc mandou super bem sim.

    Bjos,
    Dani
    www.correndoemagrecendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns.

    Estou maravilhada com seu relato e te digo uma coisa, pelo que li nos teus outros posts, fazer 9 km em 54 minutos, show. É minha meta, mas ainda não consegui chegar lá.


    Estou te seguindo.
    Passe lé no meu blog e me siga, se gostar, abração. Nara.

    ResponderExcluir
  4. Oi Jack!!! Adorei seu relato!!!!

    Que sonho esse realizado em, fazer um triathlon...maravilhoso, meu sonho, já te contei né??!!!

    E aquele plano da meia maratona? Vai focar mais agora o triathlon?
    Seja o que for muito sucesso e realização pra vc!!!
    Bjs
    Lu

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oiii Jack, aqui é o Jack..rsrs

    Parabéns, que menina exemplar!

    Bem engraçado mesmo, foi um ótimo começo... daqui a pouco vc vai se sentir em casa nas três modalidades.. penso também um dia, quem sabe, participar de um triathlon, mas quero mesmo conseguir terminar minha primeira prova de 5km.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Jack.
    Nem sempre as primeiras colocações em uma prova é sinal de alegria.
    Estar em uma prova e se superar, com toda certeza já é uma felicidade imensa e uma experiência única.
    Você mandou muito bem.
    Desejo que nos próximos desafios você arrase, como arrasou neste.
    Um grande beijo e bosn treinos.


    tutta/ubiratã-pr
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Jack! Olha, essa prova é 'sangue no zóio' como diz a Dani, então acho que por ter sido a primeira de muitas, serviu como aprendizado e para conhecer seu potencial. Acho que você mandou super bem; quanto a ser ou estar em último, nada demais! Eu já corri uma prova em que atrás de mim só tinha a ambulância da prova...e cheguei em ante penúltimo, mas me diverti do mesmo modo! O que vale é sempre a emoção!! Parabéns pela prova e pela determinação!!

    Felipe

    ResponderExcluir

Expressar a opinião pode ser alterar seu destino. Então... comenta!!!